Vamos dar início aos estudos, começando pelo setup inicial do Nexus.

Toda vez que você “starta” um Nexus do zero, ele irá mostrar esse promtp:

initial

Digite: no

Após isso, o  Nexus irá solicitar que você entre com a senha de admin, conforme print abaixo:

initial2

Após colocar a senha de admin, irá aparecer um prompt para colocar a senha e iniciar os trabalhos:

initial3

Como no Catalyst IOS, o NX-OS irá lhe propor um setup de configuração, geralmente não uso essa opção:

initial5

Pronto, você já está no modo privilegiado do NX-OS. Assim como no IOS, para entrar no modo de configuração global, digite: configure terminal

Vejamos agora, alguns comandos de verificação comuns ao IOS:

show running-config

initial6-show-run

show interface status

initial7-show-interface-status

Repare que o NX-OS usa sempre a nomenclatura “Eth” independentemente da sua velociadade (10/100/1000/10000)

show ip interface brief

initial9-sho-ip-int-brief

show interface Ethernet1/1

initial10-sh-int-e1

Vimos o exemplo do Nexus 5k,  agora vejamos no Nexus7k

initial7k1

Dando um show running-config no Nexus 7000:

initial7k-shrun

Lembrando que todos os processos/features são licenciados e ativados  individualmente:

show feature 

show feature

show license 

license

O comando license grace-period  serve no caso para você testar uma determinada feature

Caso queira instalar qualquer feature, é bem simples….

digite o comando feature < feature desejada>

Ex.:  feature ospf

feature

Lembrando que TODAS as features vem, por default OFF.

show license file < nome do arquivo>

license file

Segue abaixo o procedimento para realização do BackUp da licença:

bakcup

backup2

High availability

show inventory

Supervisora redundante

Power Supply redundante

Line card redundante

ha

show environment power 

enviroment power

power redundance

Anúncios